Cirurgia Bariátrica Revisional

Cirurgia Bariátrica Revisional

Algumas situações exigem revisão cirúrgica da primeira operação. Reganho de peso pode ser uma delas.

Cirurgia revisional é quando existe a necessidade de revisar a primeira cirurgia devido falha ou complicação. É muito raro ter que realizar uma cirurgia revisional, mas sua frequência vem aumentado devido ao crescimento do número de cirurgias bariátricas nos últimos anos.

Importante frisar que a cirurgia bariátrica falha em seus objetivos em menos de 15% dos casos, ou seja, é bastante eficiente.

Causas

Existem várias causas pelas quais uma cirurgia bariátrica precisa ser revisada

Bypass Gástrico

  • perda insuficiente de peso ou reganho de peso;
  • perda de peso exagerada/ desnutrição;
  • fístula gastro-gástrica (comunicação anormal entre o estômago reduzido e o estômago excluso);
  • dilatação do estômago;
  • estreitamento ou dilatação da anastomose (saída do estômago para o intestino);
  • úlceras da emenda do estômago com o intestino;
  • hérnias internas;
  • diarreia crônica ou anemia severa;
  • intolerância à técnica.

Gastrectomia Vertical (Sleeve)

  • perda insuficiente de peso ou reganho de peso;
  • fístulas das linhas de grampeamento;
  • estreitamento (estenose) do tubo gástrico;
  • dilatação do tubo gástrico;
  • refluxo grave.

Banda Gástrica

  • perda insuficiente de peso ou reganho de peso;
  • deslizamento da banda;
  • erosão da banda;
  • intolerância à banda;
  • dilatação do esôfago ou do estômago acima da banda;
  • refluxo grave.

Derivação Biliopancreática com Desvio Duodenal (Duodenal Switch)

  • desnutrição grave;
  • deficiência severa de vitaminas;
  • diarreia;
  • fezes com odor fétido.

Cirurgias

As cirurgias revisionais podem ser as mais diversas possíveis, inclusive muitas vezes determinadas somente durante cirurgia conforme os achados.

A maioria das técnicas pode ser convertida em outra, como a conversão do Sleeve em Bypass por exemplo ou retirada de uma banda e realização de um Bypass Gástrico. Em outras é necessário grampear novamente o estômago devido a dilatação ou alterar as medidas do desvio intestinal.

Antes da indicação de uma cirurgia revisional o paciente deve ser extensamente investigado com exames endoscópicos e de imagem e ser avaliado por toda equipe multidisciplinar (nutricionista, psicóloga, endocrinologista).

As cirurgias revisionais são muito mais complexas tecnicamente e apresentam maiores taxas de complicações. Devem sempre ser cuidadosamente indicadas, realizadas por cirurgião e equipe experientes e em hospitais com estruturas adequadas.

Entre em contato conosco

Teremos prazer em lhe ajudar!

Calcule seu IMC

Insira seu peso em quilogramas e altura em centímetros para saber seu IMC, o Índice de Massa Corporal.

Faixas de IMC Categoria
Menor que 16 Magreza severa
De 16 a 18,5: Magreza moderada
De 18,5 a 25 Peso normal
De 25 a 30 Sobrepeso
De 30 a 35 Obesidade Grau I
De 35 a 40: Obesidade Grau II
Mais de 40 Obesidade Grau III